Nada melhor do que bons livros para ficar atualizado sobre um determinado assunto, não é?

E quando falamos sobre o universo do marketing digital – e tudo aquilo que ele abrange –, as opções são muitas e é preciso escolher quais são as obras que não podem ficar de fora da nossa lista de leituras.

Aqui na Paes Digital, a indicação de livros é comum entre os colegas e até contamos com uma biblioteca particular no escritório, sabia?

Afinal de contas, bons conteúdos merecem ser compartilhados e é justamente por pensarmos assim que decidimos criar este blog, com 13 dicas de livros para quem trabalha com marketing digital.

Cada um dos integrantes do nosso time indicou um livro. Confira abaixo as sugestões e um breve resumo sobre cada obra!

 

 

1. Comece pelo Porquê: como grandes líderes inspiram pessoas e equipes a agir (Simon Sinek)

Quem indica? O nosso head de performance, João Mathias Schmidt

Por que algumas pessoas e organizações são mais inovadoras, admiradas e lucrativas do que outras? Por que algumas despertam grande lealdade por parte de clientes e funcionários?

Para Simon Sinek, a resposta está no forte senso de propósito que as inspira a darem o melhor de si para uma causa expressiva – o porquê.

Ao publicar este livro, o autor iniciou um movimento que tem ajudado milhões de pessoas a encontrarem um sentido maior no próprio trabalho e, assim, inspirar colegas e clientes.

 

2. Obrigado pelo Marketing (Vitor Peçanha)

Quem indica? O nosso conteudista, Alan Faleiro

O marketing de conteúdo já se tornou essencial em todas as empresas, e os profissionais que o dominam são cada vez mais valorizados no mercado. Este livro é leitura obrigatória para quem quer tornar-se um deles. 

Escrito por Vitor Peçanha, referência brasileira no assunto, o livro agrega os conhecimentos técnicos e práticos que ele adquiriu ao longo de sua jornada à frente da maior empresa do país nesse mercado, a Rock Content. 

 

3. #Mentropia: um guia para desenvolver a sua estratégia digital (Estêvão Soares e Maria Rita Aragão) 

Quem indica? O nosso head de criação, Dinho Ferreira

Considerando que estamos em um ambiente de mudanças contínuas e exponenciais, este guia vem lhe dar apoio para todas as suas estratégias digitais daqui em diante.

Além disso, você terá uma visão única do mercado, orientada a negócios e totalmente atemporal, pois seu foco não está em uma rede específica, mas no comportamento humano.

Na prática, o mentropia é um framework com 9 etapas, criado para guiar o desenvolvimento da sua estratégia digital em um ambiente altamente competitivo e instável.

 

4. Inbound Marketing: seja encontrado usando o Google, a mídia social e os blogs (Brian Halligan e Dharmesh Shah)

Quem indica? O nosso CEO, Patrick da Silva

Se você pretende descobrir como funciona o Google ou por que os blogs e sites de mídia social, tais como o Facebook e o Twitter, são importantes, Inbound é o seu livro.

Os fundadores da HubSpot, Brian Halligan e Dharmesh Shah, lhe darão as ferramentas e estratégias que você precisa para aprimorar suas pesquisas no Google; construir um blog para promover seu negócio; desenvolver e fomentar uma comunidade em sites de mídia social; e analisar qual de seus experimentos em marketing online estão funcionando. 

Pare de desperdiçar dinheiro sobrecarregando o mundo com mensagens de marketing a que ninguém dá bola. Ao invés disso, aprenda como descobrir tudo sobre Inbound Marketing.

 

5. A Regra é não ter regras – A Netflix e a cultura da reinvenção (Reed Hastings e Erin Meyer)

Quem indica? O nosso head de novos negócios, Douglas Antunes

Nunca houve uma empresa como a Netflix – de um serviço de locação de DVDs por correio a uma superpotência de streaming. Em 20 anos, a companhia tornou-se um dos principais nomes das indústrias de entretenimento do mundo e causou uma verdadeira revolução com sua filosofia corporativa nada convencional. 

Cofundador, presidente e CEO da empresa, Reed Hastings une-se à especialista no mundo dos negócios Erin Meyer para falar pela primeira vez sobre a cultura que transformou a marca em um exemplo inigualável de criatividade e adaptação.

A partir de centenas de entrevistas com funcionários da Netflix e relatos nunca antes compartilhados, Hastings explica como seus princípios controversos fizeram da Netflix um exemplo de inovação e sucesso global. 

 

6. As Armas da Persuasão: como influenciar e não se deixar influenciar (Robert Cialdini)

Quem indica? A nossa social media, Fernanda Reis Schmitz

Depois de passar anos caindo na lábia de vendedores, arrecadadores de doações e operadores de telemarketing, o psicólogo Robert B. Cialdini resolveu dedicar-se ao estudo da persuasão. Ele queria entender quais são os fatores que levam uma pessoa a dizer “sim” a um pedido, e que técnicas exploram melhor esses fatores.

Reunindo dados das mais recentes pesquisas científicas sobre o assunto, his­tórias de gente comum e a experiência adquirida ao se infiltrar em organizações que treinam os chamados “profissionais da persuasão”, Cialdini criou uma obra acessível, informativa e indispensável a todos aqueles que querem saber como influenciar pessoas e, ao mesmo tempo, defender-se dos manipuladores.

Há seis princípios psicológicos básicos que governam o comportamento humano quando tomamos uma decisão e que podem ser usados como verdadeiras armas. Cada princípio é discutido pelo autor em termos de sua função na sociedade e de como um profissional da persuasão pode mobilizar seu poder em pedidos de compras, doações, concessões, votos, permissões, entre outros. 

 

7. Hit Makers: como nascem as tendências (Derek Thompson)

Quem indica? A nossa planner, Ana Amélia Ritt

Nada “viraliza”. Se você acha que um filme, música ou aplicativo popular apareceu do nada e virou um sucesso no mundo saturado de informações dos dias atuais, você não está prestando atenção. 

Nessa investigação sem precedentes, o editor-sênior da The Atlantic, Derek Thompson, revela a psicologia por trás de por que gostamos do que gostamos e as dinâmicas econômicas do mercado cultural que molda nossas vidas. 

Destruindo os mitos sentimentais sobre os hits que dominam a cultura pop e os negócios, Thompson demonstra que a qualidade não é o suficiente para o sucesso, que ninguém tem “bom gosto” e que alguns dos produtos mais populares da história estavam a um passo de se tornarem desastres. 

 

8. Gatilhos Mentais: o guia completo com estratégias de negócios e comunicações provadas para você aplicar (Gustavo Ferreira)

Quem indica? O nosso copywriter, Bruno Nicolodi

Nesta obra, você descobrirá como aplicar na prática 32 “gatilhos” no seu negócio, indo muito além de uma simples comunicação de vendas.

O conteúdo inclui: a Coroa de Ferro dos Gatilhos Mentais (e os 4 gatilhos que realmente importam na sua comunicação). A Joia da Coroa (e o principal motivo que o impede de realizar mais vendas). 18 Gatilhos Emocionais (e como você ativa as principais emoções no seu cliente para que ele compre). Os 6 Gatilhos Lógicos (que ajudam seu cliente a confirmar a decisão de compra). O Poder do Gatilho mais explosivo de todos… A Sua Arma Mais Poderosa na hora de convencer seu cliente a comprar de você. O Segredo de Aristóteles para mensagens altamente persuasivas (esse segredo ficou guardado por anos em grupos fechados).

E muito mais.

Essas são estratégias provadas para você construir um negócio sólido usando todos os recursos da mente humana a seu favor, de forma ética, íntegra e lucrativa.

 

9. Transformando Palavras em Dinheiro (Ícaro de Carvalho)

Quem indica? A nossa analista de inbound marketing, Milena Gregory

Copywriting pode ser descrito como a capacidade de transformar palavras em dinheiro. Produzir interesse, em vez de propaganda. Todos os dias somos impactados por milhares de anúncios. Se você acessou as redes sociais hoje, é bem provável que tenha visto dezenas deles. Consegue lembrar-se do último? Quase ninguém consegue. Conteúdo é o único tipo de propaganda que você produz o tempo todo e o cliente ainda pede mais. 

Este livro reúne 42 das melhores técnicas de persuasão, marketing e vendas testadas por Ícaro de Carvalho. Um verdadeiro presente. Trata-se de um manual à prova de desculpas, que tornará a sua comunicação mais sedutora, inteligente e eficiente. 

Resumindo: você venderá mais e aumentará o seu número de seguidores e clientes, seja você empreendedor, profissional liberal ou influenciador digital. Ao final da leitura, você terá aprendido o poder por trás do verdadeiro copywriting, e descobrirá que toda necessidade é um produto, todo mundo é um cliente e toda conversa é uma oportunidade.

 

10. Neuromarketing: como a neurociência aliada ao design pode aumentar o engajamento e a influência sobre os consumidores (Darren Bridger)

Quem indica? O nosso analista de mídia paga, David Schulz

A cada dia, somos bombardeados por estímulos sensoriais gerados pelos diferentes dispositivos tecnológicos presentes na atualidade. E a cada minuto, nosso cérebro é inundado por milhares de imagens, textos e sons: um universo de informações cuja maioria acaba sendo ignorada pela mente humana. Com isso, uma parcela ínfima de conteúdo é capaz de chamar a atenção e desencadear alguma reação em nosso comportamento e em nossas escolhas.

É nesse contexto que Darren Bridger apresenta Neuromarketing: como a neurociência aliada ao design pode aumentar o engajamento e a influência sobre os consumidores, reunindo dezenas de insights sobre neuromarketing e técnicas de design baseadas nas mais recentes pesquisas sobre a neurociência.

Com uma abordagem prática e profunda, esta obra é um guia prático sobre como utilizar o neuromarketing para obter mais resultados em suas interações com clientes e consumidores.

Após a leitura deste livro, profissionais de marketing, comunicação e design serão capazes de desenvolver produtos, marcas, experiências, campanhas e demais iniciativas mais influentes e engajadoras.

 

11. Storybrand: crie mensagens claras e atraia a atenção dos clientes para sua marca (Donald Miller)

Quem indica? O nosso diretor de criação, Murillo Rocha

Donald Miller, autor best-seller do New York Times, usa os sete elementos universais das histórias poderosas para ensinar aos leitores como aprimorar drasticamente o modo como se conectam com os clientes e expandem seus negócios.

A sua metodologia, StoryBrand, provou ser uma solução para as dificuldades que os líderes empresariais enfrentam quando falam sobre seus negócios. Essa abordagem revolucionária, concentrada em criar uma conexão com os clientes, fornece aos leitores a vantagem competitiva definitiva, revelando o segredo para fazê-los captar o apelo irresistível dos benefícios de usar seus produtos, ideias ou serviços. 

StoryBrand faz isso ensinando aos leitores os sete elementos universais das histórias, que influenciam todos os seres humanos; a verdadeira razão que leva os clientes a comprar; como simplificar uma mensagem de marca para que as pessoas a compreendam; e como criar as mensagens mais eficazes para sites, folhetos e mídias sociais.

 

12. O Sujeito na Tela (Arlindo Machado)

Quem indica? O nosso SDR, Luiz Eugênio Gressler

Entre os anos 1970 e 1985, o pensamento crítico a respeito do cinema empenhou-se na construção de uma teoria geral da subjetividade, conhecida mais genericamente como a teoria da enunciação cinematográfica. 

O aparato tecnológico do cinema bem como a modelação do imaginário forjada por seus produtos foram submetidos a uma investigação minuciosa e intensiva, no sentido de verificar como o cinema trabalha para interpelar o seu espectador enquanto sujeito, ou como esse mesmo cinema condiciona o seu público a identificar-se com e por meio das posições de subjetividade construídas pelo filme.

Mas essas teorias começam a entrar em crise quando novos meios assumem a hegemonia do mercado audiovisual (hipermídia, realidade virtual, videogames, ambientes colaborativos baseados em rede, entre outros) e recolocam, de modo inteiramente novo, a questão da inserção cinematográfica e, em seguida, discute os novos regimes de subjetividade que estão sendo instaurados no ciberespaço, no sentido de buscar formular uma teoria geral da enunciação nos meios digitais, baseada nos conceitos de imersão, navegação, narração automática e avatar.

 

13. A sutil arte de ligar o f*da-se: uma estratégia inusitada para uma vida melhor (Mark Manson)

Quem indica? A nossa analista de mídia paga, Stelamaris da Silva

Coaching, autoajuda, desenvolvimento pessoal, mentalização positiva – sem querer desprezar o valor de nada disso, a grande verdade é que às vezes nos sentimos quase sufocados diante da pressão infinita por parecermos otimistas o tempo todo. É um pecado social deixar-se abater quando as coisas não vão bem. Ninguém pode fracassar simplesmente, sem aprender nada com isso. Não dá mais. É insuportável. E é aí que entra a revolucionária e sutil arte de ligar o “foda-se”.

Mark Manson usa toda a sua sagacidade de escritor e seu olhar crítico para propor um novo caminho rumo a uma vida melhor, mais coerente com a realidade e consciente dos nossos limites. E ele faz isso da melhor maneira. Como um verdadeiro amigo, Mark senta-se ao seu lado e diz, olhando nos seus olhos: você não é tão especial. Ele conta umas piadas aqui, dá uns exemplos inusitados ali, joga umas verdades na sua cara e pronto, você já se sente muito mais alerta e capaz de enfrentar esse mundo cão.

Para os céticos e os descrentes, mas também para os amantes do gênero, enfim uma abordagem franca e inteligente que vai ajudar você a descobrir o que é realmente importante na sua vida, e f*da-se o resto. Livre-se agora da felicidade maquiada e superficial e abrace esta arte verdadeiramente transformadora.

 

14. Os quatro compromissos: O livro da Filosofia Tolteca- Um guia prático para a liberdade pessoal (Don Miguel Ruiz e Luis Fernando)

Quem indica? A nossa Talent Management, Marcelle Delfino

 

Esse livro nos revela a fonte de crenças autolimitantes que nos roubam a alegria e criam sofrimentos desnecessários. Baseadas na sabedoria ancestral tolteca, as ideias contidas neste livro explicam de forma esclarecedora como nós somos influenciados e profundamente modificados de acordo com os padrões exigidos pela sociedade moderna.

Através dos quatro compromissos – seja impecável com sua palavra; não leve nada para o lado pessoal; não tire conclusões e dê sempre o melhor de si – este livro nos oferece um poderoso código de conduta que pode rapidamente transformar nossas vidas em uma nova experiência de liberdade verdadeira, felicidade e amor.

Para Marcelle, vivendo de acordo com os ensinamentos do livros, e com um compromisso maior com nós mesmos, a vida pode ser muito mais leve e as relações interpessoais (inclusive no marketing) ficam mais fáceis.

15. Super-histórias no universo corporativo (Joni Galvão) 

Quem indica? A nossa Produtora de Conteúdo, Júlia Amaral

 

Histórias reais e inspiradoras podem ser aplicadas no universo corporativo. É isso que o empresário Joni Galvão defende no livro “Super-histórias no universo corporativo”. De forma bastante didática, o livro explora todas as esferas do storytelling: o poder do storytelling, como fazê-lo, quais os seus conceitos essenciais e como dar sustentação a história. 

Além de cases reais que ilustram como o efeito incrível de um bom storytelling, Joni Galvão também dá ferramentas para que sua história seja tão bem contada que comova o público e tenha o resultado que você deseja. Afinal, entre o que é contado e o que é entendido, existe uma distância que pode sofrer com a interferências de ruídos e mudar todo curso da história. 

Recheado de dicas, bem ilustrado e com uma leitura fluída, “Super-histórias no universo corporativo” é um livro não apenas para quem trabalha com escrita, mas para todos que entendem a importância de dominar uma boa narrativa sobre si, sobre o cliente, sobre o que for.

 

 

 

E aí, gostou das dicas de livros da nossa equipe?

Se você está interessado em saber mais sobre o mundo do marketing digital, vamos finalizar com mais uma dica:

 

CONHEÇA OS NOSSOS MATERIAIS EDUCATIVOS

 

Aprenda com a gente. E o melhor: de forma totalmente gratuita. Acesse agora mesmo!

 

MAIS: 10 dicas de podcasts da equipe da Paes para você