Em nosso dia a dia nos comunicamos, estudamos, pesquisamos, avaliamos as nossas marcas preferidas e outras tantas coisas que fazemos na internet.

Muitas marcas já vendem seus produtos nessa ferramenta, criam aplicativos, sites e modelos de vendas para os mais variados produtos.

Mas, e serviços, podem entrar nessa lista de vendas online também? 

É o que vamos responder para você neste texto. Está pronto? Então vamos lá!

 

 

Entendendo a venda de serviços online

Se você vende o seu serviço online, precisa entender como funciona esse processo.

É preciso considerar e respeitar cinco aspectos: confiabilidade, satisfação, segurança, layout do site e atendimento.

Confiabilidade: o cliente tem que saber exatamente o que comprou e o que irá receber.

Satisfação: o serviço tem que ser entregue no prazo e exatamente como foi encomendado.

Segurança: o cliente precisa sentir que terá a sua privacidade protegida no site e que não precisa ter medo de comprar.

Layout do site: você precisa fornecer todas as suas informações detalhadamente e explicar com clareza qual o serviço oferecido.

Atendimento: ofereça o melhor atendimento ao seu cliente, mostre-se interessado e sempre aprimore seu atendimento, tanto virtual como presencial.

 

Você é o produto

Quando trata-se de serviços, o produto é você! 

Você está vendendo seu tempo e seus conhecimentos. 

Sua imagem pessoal será a sua embalagem.

E seus conhecimentos estão empacotados na maneira como você presta o serviço.

Tudo isso é o seu “produto’’ que você venderá na internet.

Você precisa saber como deseja ser visto, tanto no aspecto pessoal quanto no profissional.

Sua marca pessoal só terá valor quando o seu público enxergar por que você é diferente.

 

Entendendo as necessidade dos clientes

Você não consegue oferecer um serviço se nem sabe ao certo quais as maiores necessidades dos seus clientes. Por isso pergunte!

Essa ação fará você aproximar-se das pessoas que podem se interessar pelos seus serviços.

Assim, você estará mostrando que compreende determinados problemas e tem interesse em solucioná-los.         

 

Venda soluções, não serviços!

Você precisa vender uma solução e uma experiência através dos seus serviços. 

Um arquiteto não vende projetos, ele vende a concretização da casa dos sonhos.

E assim outros tantos profissionais vendem uma solução, uma experiência e concretização de sonhos para seus clientes.

Para descobrir como você pode aplicar isso no seu “produto”, faça algumas perguntas para si próprio:

  • Qual o maior problema do meu público?
  • O que meu cliente quer?
  • Como eu posso ajudar meu cliente a conquistar esse objetivo?

 

Conteúdos que vendem: como criá-los para vender serviços

Faça entrevistas

Conteúdos que ensinam e solucionam problemas são sempre valiosos. 

Fazer entrevistas com pessoas já influentes no mercado em que você está começando e gerar conteúdo relevante pode ser um bom começo.

 

Produção de vídeos

O formato de vídeos vem crescendo e engajando mais os consumidores. 

Atualmente as pessoas buscam por soluções no YouTube, no formato “como fazer”. 

Se você tiver conteúdo relevante, já pode ser considerado no momento de decisão de compra de produto ou contratação do serviço.

 

Seo

Não esqueça de apostar no SEO. Isso pode lhe ajudar a impulsionar seu blog ou seu nome no Google.

Ao melhorar a atração de visitantes para o seu site de forma gratuita, suas chances de vender aumentam, pois é o cliente que está indo até você, e não o contrário.

 

Use as redes sociais 

As redes sociais são boas aliadas quando bem usadas, pois além de mostrar seu trabalho e divulgá-lo, podem gerar relacionamento positivo com seu cliente. 

Assim você estará criando um canal mais direto e rápido para falarem com você e saber mais sobre seu serviços.

 

Sacadas rápidas

Mostre como as pessoas podem aplicar o conhecimento que você tem nas suas vidas e como obter resultados imediatos.

Assim elas terão uma espécie de “amostra grátis” do que o seu serviço pode fazer por elas.

 

Aplique a proposta única de valor

A sua proposta única de valor nada mais é do que a resposta para esta pergunta:

“Por que o cliente deveria comprar de você e não do competidor mais próximo?”

Características de um bom profissional

 

Independentemente dos serviços que vai prestar, algumas características precisam estar presentes sempre; sabe quais são?

Pois aqui estão elas: 

  • proatividade profissional;
  • organização pessoal;
  • responsabilidade;
  • seriedade;
  • planejamento estratégico;
  • comunicação assertiva;
  • otimização de ferramentas;
  • evolução pessoal com novas certificações;
  • respeito aos feedbacks;
  • cumprimento de prazos;
  • reconhecimento da ajuda de outros.

 

Gostou do conteúdo? Não deixe de compartilhar com seus amigos.

Então agora é só seguir as dicas e começar a vender! Sucesso a todos na internet!